Cavaquinho

No Brasil este instrumento é muito usado nas rodas de samba e também nas congadas paulistas e forma, junto com o bandolim, a flauta, o violão de 7 cordas, o violão de 6 cordas e o pandeiro os conjuntos regionais para a execução de choros.

O cavaquinho é um instrumento da família dos cordofones originário do Minho, norte de Portugal, que mais tarde foi amplamente introduzido na cultura popular de Braga pelos nobres Biscainhos e de onde foi depois levado para outras paragens como Brasil, Cabo Verde, Moçambique, Hawaii e Madeira.

Com 12 trastos na forma original o cavaquinho tem uma afinação própria da cidade de Braga que é ré-lá-si-mi. No entanto, as suas quatro cordas de tripa ou de metal, são também afinadas em ré-si-sol-sol, mi-dó#-lá-lá, mi-ré-si-sol, no Brasil como ré-si-sol-ré ou, mais raramente, em mi-si-sol-ré conforme o pais onde é utilizado e de acordo com os costumes etnográficos de cada região portuguesa. Júlio Pereira, um dos músicos portugueses mais renomados da actualidade, tem ajudado na divulgação do cavaquinho como instrumento pleno de versatilidade e que tem dado frutos.

Waldir Azevedo foi possivelmente o mais conhecido músico deste instrumento no Brasil, nas décadas de 60 a 80, no domínio da música instrumental, o choro. Em décadas anteriores, um influente intérprete do cavaquinho foi Augusto Sardinha, popularmente conhecido como Garoto. Considerado, ainda em vida deste, como seu sucessor, o músico paulista Roberto Barbosa, mais conhecido por Canhotinho, é hoje considerado uma das principais referências no instrumento, por ter aprimorado a técnica deixada por Waldir Azevedo. Canhotinho é há cerca de 40 anos o arranjador do renomado conjunto de samba Demônios da Garoa. Outro tocador notável deste instrumento é Arlindo Cruz, conhecido na cena do Samba.

As ilhas do Hawaii têm um instrumento baseado no cavaquinho chamado ukulele, também com quatro cordas e um formato semelhante ao do cavaquinho, que se julga ser uma alteração do cavaquinho, levado por emigrantes portugueses em 1879.

A navegação portuguesa também levou o cavaquinho para a Indonésia. Sua adaptação local ganhou o nome de kroncong, nome também dado a um estilo musical com influências do fado e criado no século XVI por escravos libertados.

Se falar de cavaquinho também falamos deles:

Alceu Maia
Foi produtor dos discos das Escolas de Samba do Grupo Especial do Rio de Janeiro e do cantor japonês Takeru
Leia Mais
Aníbal Augusto Sardinha
Aníbal Augusto Sardinha ou Garoto (São Paulo, 28 de junho de 1915 — Rio de Janeiro, 3 de maio de
Leia Mais
Ary Do Cavaco
Durante a infância viveu em Coelho da Rocha, na cidade de São João de Meriti. Na juventude, trabalhou como torneiro
Leia Mais
Beth Carvalho
Elizabeth Santos Leal de Carvalho, mais conhecida como Beth Carvalho (Rio de Janeiro, 5 de maio de 1946), foi uma
Leia Mais
Candeia
Antônio Candeia Filho. mais conhecido como Candeia (Rio de Janeiro, 17 de agosto de 1935 — Rio de Janeiro, 16
Leia Mais
Canhotinho
Roberto Barbosa, conhecido como Canhotinho do cavaquinho, (Espírito Santo do Pinhal, 14 de setembro de 1938) é um músico, compositor
Leia Mais
Cartola
Angenor de Oliveira, mais conhecido como Cartola OMC (Rio de Janeiro, 11 de outubro de 1908 — Rio de Janeiro,
Leia Mais
Dona Ivone Lara
Dona Ivone Lara “Rainha do Samba” e “Grande Dama do Samba”. Yvonne Lara da Costa ou Dona Ivone Lara nasceu em
Leia Mais
Donga
Ernesto Joaquim Maria dos Santos, conhecido como Donga, (Rio de Janeiro, 5 de abril de 1890 — Rio de Janeiro,
Leia Mais
Henrique Cazes
Henrique Cazes (Henrique Leal Cazes, Rio de Janeiro, 02/02/1959). Nascido em uma família de músicos amadores do subúrbio carioca do Méier,
Leia Mais
Jair do Cavaquinho
Jair Araújo da Costa, conhecido como Jair do Cavaquinho, (Rio de Janeiro, 26 de abril de 1922 – Rio de
Leia Mais
Jamelão
José Bispo Clementino dos Santos, mais conhecido como Jamelão (Rio de Janeiro, 12 de maio de 1913 – Rio de
Leia Mais
Jayme Vignoli
Cavaquinista, arranjador, compositor e produtor musical nascido no Rio de Janeiro em 13 de março de 1967, Jayme Vignoli começou a tocar
Leia Mais
João Callado
João Callado da Silva Pereira (Rio de Janeiro, 7 de agosto de 1973) é um cavaquinhista, pintor, arranjador, produtor musical
Leia Mais
Jorge Aragão
Jorge Aragão da Cruz (Rio de Janeiro, 1 de março de 1949) é um cantor, sambista e compositor brasileiro. Carreira
Leia Mais
Mauro Diniz
Mauro Diniz (Rio de Janeiro, 1952) é um arranjador, compositor, músico, cantor e compositor brasileiro, cujo estilo incorpora o samba
Leia Mais
Paulinho da Viola
Paulo César Batista de Faria, mais conhecido como Paulinho da Viola, (Rio de Janeiro, 12 de novembro de 1942) é
Leia Mais
Waldir Azevedo
Waldir Azevedo (Rio de Janeiro, 27 de janeiro de 1923 – São Paulo, 20 de setembro de 1980) foi músico e
Leia Mais
Wanderson Martins
Wanderson Jorge de Paula Martins (Rio de Janeiro, 12 de fevereiro de 1962), mais conhecido como Wanderson Martins, é um
Leia Mais

Som do Instrumento






Artigo anteriorReco-reco
Próximo artigoAgogô
Fabio Silvahttp://#
Paulistano, Corintiano, casado, pai de dois filhos e um apaixonado pela cultura do Samba.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Discover

Publicidade

Últimas Publicaçoes

Henrique Cazes

Henrique Cazes (Henrique Leal Cazes, Rio de Janeiro, 02/02/1959). Nascido em uma família de músicos amadores do subúrbio carioca do Méier, começou a tocar violão com...

Mauro Diniz

Mauro Diniz (Rio de Janeiro, 1952) é um arranjador, compositor, músico, cantor e compositor brasileiro, cujo estilo incorpora o samba e pagode. Filho do compositor...

Jayme Vignoli

Cavaquinista, arranjador, compositor e produtor musical nascido no Rio de Janeiro em 13 de março de 1967, Jayme Vignoli começou a tocar cavaquinho aos treze anos....

Wanderson Martins

Wanderson Jorge de Paula Martins (Rio de Janeiro, 12 de fevereiro de 1962), mais conhecido como Wanderson Martins, é um instrumentista, produtor musical e...

Dino 7 Cordas

Horondino José da Silva, conhecido como Dino 7 Cordas, (Rio de Janeiro, 5 de maio de 1918 — Rio de Janeiro, 27 de maio...