Peso Na Balança


O meu nome pesa na balança
Eu tenho que estar presente
Se eu não estiver o povo sente
É a hora da cobrança

A minha presença é um equilibrio
E não há motivos pra tanto mistério
Todo mundo sabe disso
Sou um samba popular, estou falando sério

É no morro, é lá no asfalto
Entro na sociedade e não me deixo elitizar
Venho de grandes terreiros e caio no mundo
O meu lugar já é certo, posso chegar e sentar

Nunca fui de me afobar
Onde eu me apresento o povo vai me ver
E depois vai me acompanhando
Até você, até você, vai acabar sambando

Artigo anteriorPeito Sangrando
Próximo artigoPortela E Seus Encantos

VÍDEOS

Sponsor

Saiba mais

Tia Ciata

Hilária Batista de Almeida, conhecida como Tia Ciata (Santo Amaro da Purificação, 1854 — Rio de Janeiro, 1924) foi uma cozinheira e mãe de...

Antônio Rufino

Nascido em 03 de março de 1907, Antônio Rufino dos Reis, filho de Rufino Esteves dos Reis e Teodomira Merenciana dos Reis, era o...

Rio, Capital Eterna do Samba

Cidade de São Sebastião do Rio de Janeiro Rainha das paisagens Maravilha do mundo inteiro O teu cenário histórico passamos a ilustrar O sonho...

Primeiro carnaval oficial de São Paulo foi em 1968

Avenida São João foi o palco do desfile; vencedora foi a escola Nenê de Vila Matilde O primeiro desfile oficial de escolas de samba de...

Quinteto em Branco e Preto

NOME DO GRUPO: Quinteto em Branco e Preto DATA DA FORMAÇÃO: 1997 ORIGEM DA FORMAÇÃO: Bairro do Bexiga - São Paulo/SP FORMAÇÃO: Everson Pessoa (violão e voz) Magnu...