Teresa Cristina

Teresa Cristina Macedo Gomes (Rio de Janeiro, 28 de fevereiro de 1968) é uma cantora brasileira.

A primeira oportunidade de cantar profissionalmente surgiu quando ela preparava um show em homenagem a Candeia que nunca aconteceu. A estreia oficial foi no Planetário da Gávea, em 1995, após se apresentar no evento “CEP 20000”, convidada por Wilson Moreira para se apresentar na Casa da Mãe Joana. A partir de 1999, a convite de Guaraci da Portela, começou a se apresentar junto com o Grupo Semente, na Lapa, e virou um dos símbolos do ressurgimento da boêmia na região do centro no Rio de Janeiro.

De fala mansa e voz suave, ficou famosa por cantar de olhos fechados e cabeça baixa. “De olhos fechados, eu ouvia a música muito melhor. As expressões do rosto da platéia não atrapalhavam meu desempenho”, explica.

Já era considerada um fenômeno da MPB, especialmente do samba, antes de gravar o primeiro CD em 2002, “A Música de Paulinho da Viola”, acompanhada do Grupo Semente, trazendo um repertório somente de composições de Paulinho da Viola, uma homenagem aos 60 anos do cantor. O reconhecimento da crítica veio com a gravação deste CD e rendeu à Teresa o prêmio Rival BR e Prêmio TIM de Música, como cantora revelação, e a indicação ao Grammy Latino de melhor disco de samba de 2003.

Em 2004 gravou o CD “A Vida Me Fez Assim”, apresentando pela primeira vez composições próprias como “O passar dos anos” (Teresa/ João Callado), “Acalanto” (Teresa Cristina), “Candeeiro” (Teresa Cristina),”Lavoura” (Teresa/ Pedro Miranda) e o choro “A borboleta e o passarinho” (Teresa Cristina), além de clássicos do samba.

Em 2005, lançou seu primeiro CD e DVD ao vivo, “O mundo é meu lugar”. Em 2007 lançou o CD Delicada, com composições próprias como “Cantar” e “Delicada”, parceria com Zé Renato, que dá nome ao disco, além de regravações de clássicos, como “Gema”, de Caetano Veloso. O CD também foi lançado no México, onde conquistou o 14º lugar na parada World Music e Crossover.

Em 2010, Teresa lançou o segundo DVD ao vivo de sua carreira, “Melhor Assim”, que traz sucessos de nomes como Paulinho da Viola, Caetano Veloso e Chico Buarque, além de composições inéditas de Teresa como “Convite à Tristeza” e “Morada Divina” (parceria com Arlindo Cruz). O DVD traz ainda a participação dos grandes nomes da música brasileira, Caetano Veloso, Lenine, Seu Jorge, Arlindo Cruz, Marisa Monte e Pedro Baby e uma surpresa muito especial: a participação de D. Hilda, mãe de Teresa, na música “Orgulho”.

Surpreendeu a crítica ao lançar em 2010, junto com a banda Os Outros, um CD somente com músicas de Roberto Carlos. A parceria começou quando Teresa foi convidada para participar de um dos shows da banda e deu tão certo que surgiu a ideia de gravar o álbum.

Ao longo de mais de 10 anos de carreira, Teresa Cristina não só conquistou os palcos brasileiros, como levou o legítimo samba de raiz para países como Japão e Alemanha (onde participou da Copa da Cultura a convite do então ministro Gilberto Gil), França (nas comemorações do Ano do Brasil na França, em 2005), Índia, México, Equador, Espanha, Holanda, Itália, Bulgária, África do Sul e Rússia.

“Comecei a cantar por causa de Candeia. Achava que meu primeiro disco seria em homenagem a ele, mas segui outro caminho. Minha vida se divide em a.C. e d.C. Antes de Candeia e depois de Candeia‘”.

Discografia

2002
  • Argemiro do Patrocínio Selo Phonomotor/EMI
  • O samba é minha nobreza Biscoito Fino
  • A música de Paulinho da Viola, vols.1 e 2 Deck Disc
2003
  • Tira Poeira Biscoito Fino
2004
  • Surica Fina Flor/Rob Digital
  • A vida me fez assim Deck Disc
2005
  • O mundo é meu lugar Deck Disc
2007
  • Delicada EMI
2010
  • Melhor Assim (Ao Vivo) EMI
2011
  • Cantar – Grandes Sucessos EMI
2016
  • Teresa Cristina Canta Cartola Nonesuch Records
2018
  • Teresa Cristina Canta Noel Uns Produções / Altafonte
Participações

2003
  • Um ser de luz – Saudação a Clara Nunes vols. 1 e 2
2004
  • Sabe lá o que é isso?
2005
  • Estação Lapa
2006
  • Dança de Salão Vol.1
2007
  • Estação Lapa – Vol.2
  • Samba Novo
2012
  • Teresa Cristina + Os Outros = Roberto Carlos





Artigo anteriorJoão da Baiana
Próximo artigoGuaracy de Castro
Fabio Silvahttp://#
Paulistano, Corintiano, casado, pai de dois filhos e um apaixonado pela cultura do Samba.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Discover

Publicidade

Últimas Publicaçoes

Henrique Cazes

Henrique Cazes (Henrique Leal Cazes, Rio de Janeiro, 02/02/1959). Nascido em uma família de músicos amadores do subúrbio carioca do Méier, começou a tocar violão com...

Mauro Diniz

Mauro Diniz (Rio de Janeiro, 1952) é um arranjador, compositor, músico, cantor e compositor brasileiro, cujo estilo incorpora o samba e pagode. Filho do compositor...

Jayme Vignoli

Cavaquinista, arranjador, compositor e produtor musical nascido no Rio de Janeiro em 13 de março de 1967, Jayme Vignoli começou a tocar cavaquinho aos treze anos....

Wanderson Martins

Wanderson Jorge de Paula Martins (Rio de Janeiro, 12 de fevereiro de 1962), mais conhecido como Wanderson Martins, é um instrumentista, produtor musical e...

Dino 7 Cordas

Horondino José da Silva, conhecido como Dino 7 Cordas, (Rio de Janeiro, 5 de maio de 1918 — Rio de Janeiro, 27 de maio...